A saída de um quadro de Síndrome do Pânico se dá normalmente de forma gradativa, com altos e baixos. Quando procura ajuda o indivíduo encontra-se vivendo crises a maior parte do tempo. Com o início do tratamento começa a diminuir a intensidade das crises e a aumentar os intervalos de tempo entre as mesmas. Ao longo do processo psicoterapêutico os períodos de normalidade vão ficando cada vez mais duradouros e constantes e as crises cada vez mais raras e menos agudas. É muito importante que o indivíduo que vive o quadro de Síndrome de Pânico tenha a noção de que é comum ter algumas recaídas durante o tratamento para que não abandone o mesmo diante de dificuldades iniciais.

Nossos Cursos:

Rio de Janeiro

MG_1925.jpg

Facebook

Fotos relativas ao IGT.

  • 1.jpg
  • 3.jpg
  • comemorao_certificao_turma_3.jpg
  • com_trip.jpg
  • IMGA0048.jpg
  • introduo022020.jpg
  • introduo0220202.jpg
  • P1030459.jpg
  • P1040059.jpg
  • P1060923.jpg
  • P1070537.jpg
  • P1120845.jpg
  • P1140383.jpg
  • P1150320.jpg
  • P1150572.jpg
  • P1150750.jpg
  • P1170673.jpg
  • P1180562.jpg
  • T1_1.jpg
  • T1_2.jpg